• Equipe Elefante Marinho

3 tendências de energia para o futuro

E que já estão começando no presente, podendo se tornar exponenciais.


Como utilizaremos a eletricidade no futuro? qual será o “motor” principal. Visto que as tecnologias cada dia são mais exponenciais em curva de crescimento, muito provavelmente estaremos todos vivendo coisas novas e revolucionarias muito mais rápido do que imaginamos. Então separamos 3 projetos que já estão em fase de testes e alguns que faltam apenas inserção de mercado e investimentos para poder chegar a todos. Projetos esses envolvendo energia solar e eólica.


1- A Cybertruck totalmente elétrica da Tesla pode se tornar uma pequena “casa” (com cama e cozinha)


Elon Musk tem uma ideia de como alguém pode transformar o Tesla Cybertruck em um trailer, mas as paredes arejadas e o interior compacto de um pequeno pop-up não são para todos os aventureiros. A startup CyberLandr, sediada em Las Vegas, apresentou uma alternativa: um trailer que se encaixa perfeitamente na “caçamba” do Cybertruck e se transforma em uma pequena casa completa com cama, banheiro e cozinha. É uma pickup selvagem, estranha o suficiente para o próprio Cybertruck mas muito funcional para quem sabe viver sem acumular muitas “muambas”.


É um conceito novo e diferente para campistas, mas se Elon Musk está apostando, podem saber que tem muita chance de dar bastante certo. Lembrando que o Cybertruck da Tesla é movido a eletricidade, o que já é meio caminho andado para quem abraça o mundo da sustentabilidade. Ela acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 s e tem uma autonomia de até 800 km o que já quebra a barreira do "mimimi" da mudança por questões de combustível, autonomia ou aceleração.

Quer comprar na internet com desconto? Clique aqui


2- Nova turbina eólica portátil gera energia em qualquer lugar, além de poder operar em conjunto com painéis solares

Turbina eólica portátil Fonte: reprodução KiteX

Energia eólica: nova turbina opera em conjunto com painéis solares e pode ser levada no carro para gerar energia mesmo em locais remotos.


Uma startup dinamarquesa (a KiteX) criou uma turbina eólica portátil dobrável que pode gerar eletricidade para operar um pequeno refrigerador, algumas luzes, um notebook ou um roteador. A turbina pode ser usada em conjunto com painéis solares e pode até ser carregada em um carro para gerar energia em áreas remotas.


A turbina tem hélices de fibra de vidro, pesa apenas 10 kg e é facilmente transportável. Quando precisar, basta desempacotar, montar, ancorar no solo (com um conjunto de correias de tensão de náilon de alta resistência) e começar a captar a energia do vento. A estimativa é de 15 minutos para uma pessoa configurar todas as peças.


A turbina eólica foi batizada de Wind Catcher e pode operar em conjunto com painéis solares

A turbina eólica foi batizada de Wind Catcher e funciona dia e noite – mesmo em locais com pouco vento – podendo operar em conjunto com painéis solares. A turbina possui duas versões: uma de 200W, ideal para climas de baixa velocidade de vento, e outra de 600W, que fornece energia suficiente para carregar bicicletas elétricas e aparelhos eletrônicos em geral. Outra vantagem é que a nova turbina eólica é projetado para funcionar com menos ruído, apesar de não ser tão silencioso como os painéis solares. Mas, para quem for usar o produto na natureza, de fato o barulho poderá se misturar com os sons naturais ao redor. Mesmo sendo pensada para aventureiros amantes da natureza, a solução pode ser adotada pelos nômades modernos – que vivem trabalhando enquanto viajam. Além disso, a busca pela autossuficiência energética já é o desejo de muitos que vivem dentro e fora das áreas urbanas.


3- Startup de energia solar do Chile cria sistema capaz de gerar água usando ar

Painel de energia solar retém agua do ar – Fonte: Jornalchile
Startup do Chile cria um sistema que tem capacidade de gerar dez mil litros de água por mês a partir do ar e da energia solar.

A Startup do Chile que criou o sistema de energia solar é voltada para a instalação e desenvolvimento de energias renováveis, que atua em cinco países da região. Em 2019, eles deram um novo passo e desenvolveram uma nova fonte de água pensando na escassez de água. Em 2016, os irmãos Andrés e Horacio Vásquez, acompanhados de Catalina Kissling, fundaram a Startup Lader Energy, com o objetivo de combater as mudanças climáticas.


Após procurar diversas maneiras para produzir água sem pegada hídrica ou de carbono, a startup do Chile criou um sistema nos Estados Unidos. E este ano com um investimento de US$ 250 mil, eles criaram sua própria tecnologia “AWA”, e construíram uma estação de água por via aérea em San Fernando, na região de O’Higgins.


Andrés Vásquez, Diretor de Negócios da Lader Energy, diz que a usina possui 62 hidropanéis que combinam energia solar fotovoltaica com energia solar térmica. Alguns ventiladores absorvem a umidade do ar, a partícula água que está na umidade condensa e assim é gerada água potável. Em seguida, é mineralizado com cálcio e magnésio e passa por processos de filtração por ultravioleta e carvão ativado. A planta modular da Startup do Chile tem capacidade de gerar dez mil litros de água por mês utilizando a energia solar, que de começo serão comercializados engarrafados. 10% do lucro dessas vendas vai para a instalação de hidropanéis em comunidades sem água potável, segundo a diretora jurídica, Catalina Kissling.


Fontes: Jornalchile, KiteX, Newatlas, Jornal do carro, Estadão


Quer comprar na internet com desconto? Clique aqui


Curso de Astronomia: Clique aqui!!

Clique aqui para celulares com ofertas incríveis e vários descontos.



Boas vindas!!!