• Canal Supostamente

Os novos TRAJES dos ASTRONAUTAS

O novo traje espacial xEMU, foi feito para astronautas andarem no espaço em 2021 e tem um custo de produção avaliado em 12 milhões de dólares (a unidade)

O traje espacial dos astronautas não é apenas uma roupa da NASA igual as que você consegue comprar em lojas, ou semelhante a roupas sofisticadas e tecnológicas de formula 1. Os trajes espaciais são muito mais avançados pois a função dele não é moda, e sim resguardar a vida dos viajantes espaciais. Quer ver algumas funções do traje espacial? Confira alguns detalhes da "roupa espacial" do astronauta brasileiro Marcos Pontes (2006) na foto a seguir:

Quer cupons de desconto? Clique aqui

Os trajes servem para proteger de situações ambientais severas no espaço, como o vácuo e temperaturas extremas. Algumas vezes o mesmo também é usados dentro das naves como por segurança, quando ocorre perda de pressão na cabine. Obviamente é uma "ferramenta" imprescindíveis nas atividades extra veiculares para reparos no exterior das naves, satélites e/ou telescópios quando é o caso.


Os trajes tem evoluído bastante durante os anos. Eles começaram a ser usados nos anos 60, nas primeiras viagens espaciais, pelos programas Vostok (da União Soviética) e Mercury (dos EUA). Com o tempo é inevitável a evolução e claro, precisará cada vez mais se aperfeiçoar para maior segurança, eficiência e funcionalidade para viagens espaciais mais longínquas como Marte por exemplo. Mesmo nos anos 60/70 os desafios já eram muito grandes, pois os trajes já precisavam regular a temperatura do corpo, impedir que o vácuo quase absoluto do espaço arrasasse com o astronauta, protegê-los contra os raios solares, evitar atrito, mesmo que pequeno, com corpos existentes no espaço e controlar a pressão arterial.

Quer cupons de desconto? Clique aqui

As diferenças dos trajes modernos da SpaceX comparando com os de missões do passado vão muito além da estética. Mas antes de falar de todo esse estilo, sabia que o traje (esse da ultima imagem) foi desenvolvido com a ajuda do estilista e figurinista de Hollywood Jose Fernandez? É sério mesmo que o mesmo estilista dos filmes "Batman vs Superman, Wolverine, Mulher Maravilha e Capitão América: Guerra Civil". Tá, não precisa ser só eficiente né?


Agora olhando pelo lado tecnológico, os novos trajes tem um sistema moderno integrado a roupa, que no momento que os mesmos se sentam em seus lugares, automaticamente os uniformes se conectam ao sistema da nave. O capacete é fabricado sob medida por impressão 3D e tem válvulas integradas, mecanismos para retração e travamento da viseira, e microfones embutidos. A luva tem uma tecnologia de sensibilidade que são muito mais funcionais e dinâmicas que as antigas luvas, super grossas e grotescas para agilidade e coordenação motora fina.


Apesar da sofisticação, elegância e potencial tecnológico, esse não é o traje de proteção para caminhadas extra veiculares de manutenção ou qual for o motivo. Para sair das naves ainda usam a clássica roupa EMU (Unidade Móvel Extra veicular - tradução livre) que conta com mais segurança no ambiente externo e hostil. Na terra o peso da EMU é de 120kg e o custo de sua fabricação é de 12 milhões de dólares. O preço vem da complexidade que é sobreviver no espaço e evitar vários e possíveis problemas longe de casa - afinal não tem nenhum alfaiate que saiba concertar o traje nas esquinas meteóricas.

O traje não mudou apenas o design, ele foi modificado diretamente na configuração dos sistemas que são importantes para a vida do astronauta. Incluindo também um novo sistema no "Portable Life Support System" (aquela mochila que fica nas costas dos astronautas) que abriga os sistemas hidráulicos e eletrônicos, tão fundamentais para toda a tecnologia do mesmo. Reduziram o tamanho da "mochila", o que possibilitou duplicar parte do sistema que envolve o traje, e aumentar com isso a duração das caminhadas espaciais.


Enfim, uma das intenções da Nasa/SpaceX é que humanos estejam andando pela Lua novamente no ano de 2024 com base fixa. Outro objetivo das missões é que humanos pisem pela primeira vez em Marte, algo previsto para aproximadamente o ano de 2030. Porem a corrida está bem disputada e com a chegada da sonda chinesa em marte, o primeiro colocado fica ainda imprevisível.


O traje é realmente importante para os astronautas? Se você tem alguma duvida, a resposta é absoluta. Pois o corpo humano pode até sobreviver no vácuo do espaço por um curto período de tempo sem proteção (muito curto mesmo). Porem nessas condições, a matéria do corpo expande a quase o dobro de seu tamanho. Você mantem a consciência por míseros 15 segundos (sendo muito otimista). Outro detalhe é que o corpo não estará sujeito ao efeito de congelamento porque não perderá calor por radiação termal ou evaporação de líquido, e o sangue não ferverá pois permanecerá pressurizado no corpo. O maior perigo é tentar prender a respiração antes da exposição, porque a descompressão subsequente pode danificar ou até explodir seus pulmões.


Esses efeitos foram confirmados em vários acidentes, incluindo condições extremas de altitude, caminhadas espaciais e salas de treinamento a vácuo fechadas. A pele humana não precisa de proteção contra vácuo porque é selada naturalmente, precisa apenas ser comprimida para não perder a forma.


Para fechar uma curiosidade sobre a "tristeza" no espaço. Você sabe o que acontece quando você chora no espaço? As lágrimas que se recusam a cair. Isso por causa dos efeitos causados pela baixa gravidade. O astronauta Chris Hadfield, do Canadá quando estava na Estação Espacial Internacional (ISS) em 2013, fez um experimento interessante para ilustrar como seria (pois ele não estava triste no momento para mostrar na pratica).

Quer cupons de desconto? Clique aqui


A gravidade zero não impacta na produção das lágrimas. A diferença entre chorar no espaço e na Terra é que a falta de gravidade não deixa as lágrimas caírem. A água que se acumula nos olhos de tanto chorar fica lá até que uma bolha se forme. Ela pode ficar tão grande que se move para outros locais do rosto, ou pode ser removida com ajuda de uma toalha.


Confira o vídeo da experiência do astronauta "chorão":


Quer cupons de desconto? Clique aqui


Fontes: Infoescola, Folha Uol, Uol, From Space With Love, Space News, Oficina da Net

Confira a sessão de TELESCÓPIOS em promoção: Clique aqui


[LIVRO] Missão Apollo: A incrível história da corrida à lua: Clique aqui


[LIVRO] O Primeiro Homem: A vida de Neil Armstrong

A biografia de Neil Armstrong que inspirou o filme: Clique aqui


[LIVRO] Nenhum sonho está longe demais: Lições de um homem que andou na lua.

Livro de Buzz Aldrin, segundo homem a pisar na lua: Clique aqui


Quer cupons de desconto? Clique aqui

gif

#nasa #spacex #blueorigin #espaço #astronauta #marte #lua #apollo11


Boas vindas!!!