• Sabrina Carvalho

SOFT SKILLS PARA A ERA DIGITAL Parte 2

Atualizado: 24 de jan. de 2021

Agora que você já sabe o que são as Soft Skills, vamos falar sobre cada uma delas.


Durante cinco semanas, um artigo será publicado neste canal, contendo a explicação de duas Soft Skills para o profissional da era digital, até completarmos o total de dez.


A primeira delas é Pensamento Computacional, ou pensamento analítico. É a capacidade de analisar um grande volume de dados. Neste exato momento você está pensando “Mas o computador faz isso de maneira simples, rápida e prática, não preciso me dar ao trabalho”. Sim, realmente faz, porém a diferença entre o humano e a máquina é uma: o pensar.

Ter um pensamento computacional é possuir todos os dados compilados e organizados à sua frente (entender dados não apenas como números, mas como informações gerais) e analisar toda a informação, com a inteligência humana, para encontrar as melhores soluções e tomar as melhores decisões.

Para desenvolver essa competência comece analisando informações pessoais como os custos de casa, os horários de maior produtividade, rotinas... Junte as informações em arquivos digitais e tome as decisões mais criativas e resolutivas para a nova realidade, depois vá aumentando a complexidade da análise para dados do seu trabalho, até adquirir a capacidade total de tomar decisões baseadas em dados. Vídeos e ferramentas de análise de dados (como o Excel) ajudam bastante e vão colaborar com o seu aprendizado.

A segunda é Alfabetização em Mídia. O mundo inteiro mudou no ano de 2020, tudo que era feito presencialmente precisou ser digitalizado em uma velocidade impressionante. Com isso, surgiram inúmeras dificuldades para quem não possuía familiaridade com a tecnologia. A linguagem, a maneira de aprender, a tecnologia em si, todo o processo que envolve a digitalização, precisou ser aprendido quase que de maneira forçada.


Foi necessário adaptar a maneira de se comunicar, não mais com visitas presenciais, mas através de dispositivos eletrônicos, se divertir e aprender de dentro de casa, se exercitar com professores virtuais e estudar remotamente. Ser alfabetizado em mídia é ter a capacidade de realizar tarefas, absorver conteúdo e se comunicar através de smartphones, tablets e computadores, além de absorver conteúdos através de novos formatos de mídia. Os papéis e os livros físicos (principalmente os escolares) foram substituídos por conteúdos em PDF (e livros digitais em dispositivos), as aulas presenciais passaram a ser realizadas via ferramentas de reunião on-line, atividades profissionais passaram a ser feitas em home office utilizando computadores, smartphones e notebooks. Todos que tinham a vontade ou a necessidade de permanecerem ativos no mercado de trabalho precisavam se alfabetizar em ferramentas e linguagens digitais. E tudo isso que passou a acontecer acelerado pela pandemia, já era uma tendência inevitável para daqui a 5 anos.


Para ser um profissional alfabetizado em mídia comece usando ferramentas bem famosas como aplicativos de gravação de vídeos, compartilhamento de informações, faça leituras pelo computador, realize reuniões on-line e vá observando a maneira como cada um se comporta nas redes, cursos estão disponíveis para quem não sabe utilizar as ferramentas básicas como editor de textos e planilhas (muitos deles são gratuitos) e, mais uma vez, os vídeos colaboram muito no aprendizado, não desista, vá aprendendo uma ferramenta por vez, até saber se comunicar em qualquer ambiente digital.


Mais do que nunca há a necessidade de se tornar um profissional digital, saber analisar dados, compreender como a tecnologia funciona, se comunicar através de mídias e ferramentas digitais, entregar tarefas remotamente, ser produtivo e acessar alternativas para comprovar a sua produtividade. O futuro será esse, não temos mais como negar e fugir. Precisamos nos adaptar e acompanhar as mudanças que chegaram e as mudanças digitais que acontecem a todo momento dentro dessa esfera de trabalhos remotos do mundo virtual, seja para projetos em home office ou voltando ao normal e presencial, de qualquer forma, você precisa aprender.


Se não leu a nossa parte 1, clique aqui para ler.


As próximas duas Soft Skills serão: Sensemaking e Transdisciplinaridade. Agora está ficando bom, não perca as próximas matérias do blog.


Quer comprar na internet com desconto? Clique aqui


Sabrina Carvalho

Autora do livro: Geração Z: uma nova realidade

Colunista no Blog do Elefante Marinho

Especialista em Gestão de Pessoas, Analista Comportamental, Life Coach, Funcionaria em SEBRAE, idealizadorado canal @prosperae e consultora de desenvolvimento pessoal.

Estudante de UX Design, Mãe e Multitarefa.

#tecnologia #profissão #cursos #softskills #trabalhodofuturo #revoluçãodigital #homeoffice



Boas vindas!!!